top of page
  • Foto do escritorWendell Correia

Pearl Jam lança novo álbum “Dark Matter” [RESENHA]



O Pearl Jam lançou oficialmente hoje o novo álbum “Dark Matter”, o 12º de estúdio da discografia da banda.


Com praticamente a mesma formação desde o início, continuam com Eddie Vedder nos vocais e guitarra, Jeff Ament no baixo, Stone Gossard e Mike McCready nas guitarras. Mudaram apenas os integrantes que tocam bateria ao longo dos anos, mas o Matt Cameron já está tocando com eles desde 1998. Então, esse é o 7º álbum com o atual quinteto oficial.


Gravado em Malibu no Shangri-La (estúdio do Rick Rubin), teve a produção do genial Andrew Watt, que tem trabalhado bastante com grandes bandas e nomes da música como o próprio Eddie Vedder na carreira solo, Rolling Stones, Iggy Pop e Ozzy. São 11 faixas novas compostas pelo Pearl Jam e o produtor. Uma delas, “Something Special”, também traz a assinatura do Josh Klinghoffer, que tem feito turnê com eles desde a sua saída do RHCP.

É um excelente álbum, que entrega tudo o que os fãs aguardam deles nesse ano de 2024: música rápidas, baladas, acústicas, as brisas e viagens mentais que fazemos ao ouvi-los, tanto através das melodias quanto as letras. É muito bom saber que num mundo cada vez mais apressado e que abusa de tecnologia e superficialidade, ainda existam bandas como o Pearl Jam que entregam algo orgânico que mantém a essência. É maravilhoso ouvir aquele barulho dos dedos deslizando nos violões, os pratos da bateria balançando, os solos de guitarra...Mas, talvez quem eternamente espera um novo álbum como os primeiros, fique decepcionado. Mas por melhores que eles sejam, é muito difícil (para não dizer impossível) causar o mesmo impacto que temos ao ouvir uma banda desse porte pela primeira vez...São tão gigantes que 33 anos depois continuam muito relevantes, lotando estádios e produzindo coisas novas num mundo musical que cada vez tem menos espaço para grupos que tem o rock na essência e na música.


Os álbuns antigos continuarão existindo para curtimos todas as fases do Pearl Jam. É muito bom termos a oportunidade de vivenciar mais uma fase com novidades e não só notalgia de uma das bandas remanescentes e ativas da espetacular cena de rock de Seattle do começo dos anos 90.





21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page